Como Evitar Cãibras?

Como evitar cãibras? Aquelas famosas e horríveis dores musculares que afligem desde a pessoa mais sedentária até o atleta mais fitness… Confira as dicas no artigo de hoje!!

As  cãibras são contrações involuntárias em determinados músculos do corpo. Ela pode ocorrer pelo excesso de exercícios físicos ou também devido a condições do próprio organismo da pessoa. Elas podem ocorrer tanto em atletas quanto em pessoas que não realizam nenhum tipo de atividade física.

Como evitar cãibras

Principais Sintomas e Motivos da Ocorrência

A caibrã acontece por causa da falta de oxigenação de maneira correta por todo o organismo. O fluxo de oxigenação no sangue, por exemplo, pode contribuir na ocorrência das dores musculares e há quem diga que ela só acontece quando não é realizado um bom alongamento antes ou depois da atividade física.

Mas claro, não se pode tomar como verdade absoluta essa afirmação, até porque mesmo atletas que possuem uma disciplina com seu corpo, sentem as famosas cãibras.

Os principais motivos costumam ser:

  • falta de oxigenação
  • desidratação
  • baixas temperaturas
  • carência de sais minerais
  • acumulação de ácido lático

Alimentos e Atitudes que ajudam a prevenir as Cãibras

E como evitar cãibras afinal?

Você precisa se prevenir com alimentação top de linha como:

  • alimentos ricos em vitaminas A, B e C (frutas, vegetais, fígado, melão etc)
  • coma bastante bananas, que possuem alta quantidade de potássio.

Além disso:

  • realizar algum tipo de atividade física de maneira moderada;
  • tomar no mínimo 2 litros de água por dia;
  • consultar um médico para realização de exames

Fora isso você DEVE estar continuamente se hidratando para cercar e minimizar os riscos.

Atenção especial ao potássio que inibe cãibras ainda mais se você consumi-lo constantemente.

Os locais onde mais ocorrem Cãibras

Geralmente elas ocorrem nas seguintes partes do corpo:

  • panturrilhas
  • nos pés
  • nas coxas
  • na barriga
  • nas costas

Apesar de toda essa diversidade, tudo isso é muitas vezes um fator genético, e para saber como evitar cãibras você deve entender que ela acontece de forma esporádica e isso também é determinado geneticamente.

Elas podem aparecer somente na perna esquerda por toda a vida, somente na panturrilha direita e por aí vai, a genética define os lugares mais comuns.

Se houver muitos problemas de circulação ai então ela pode ocorrer em lugares não-comuns.

Tratamentos

Todos sabem que cãibras são geralmente episódios dolorosos e ocasionais, que costumam durar menos de 1 minuto, para então desaparecerem subitamente.

Analgésicos e anti-inflamatórios não têm utilidade nenhuma no tratamento das cãibras.

Mas…. nas crises, algumas medidas simples podem representar a melhor forma de tratamento, o mais eficiente.

Alongamento e Massagem

Para promover o relaxamento da musculatura e alívio da dor, alongar o músculo em espasmo e massagear a área afetada com movimentos circulares são técnicas fundamentais.

Quando as cãibras se manifestam nas pernas, a pessoa deve ficar em pé e colocar o peso sobre a perna acometida, dobrando o joelho para estirar os músculos da batata da perna. Se não conseguir ficar em pé, deve sentar-se, esticar a perna e puxar os pés para trás com as mãos.

Calor no local

O aumento da temperatura favorece o relaxamento dos músculos, então submeter o local a calor forte pode relaxar a musculatura e fazer o músculo voltar ao normal.

As pessoas querem um tratamento milagroso para isso, especialmente surfistas, bombeiros e pessoas que trabalham no mar gostariam de saber como evitar cãibras, mas a verdade é que isso não existe. Você pode prevenir, mas não pode curar.

Para você aprender mais ainda sobre cãibras, separamos um video muito legal com dicas do doutor Ary Elwing:

Vencer este problema pode ser difícil, mas seguindo algumas das nossas dicas, cuidando bem da alimentação e hidratação, você já irá perceber uma melhora! Até mais!

Advertência: antes de começar qualquer dieta ou rotina de exercícios físicos a fim de emagrecer, perder peso ou ganhar massa muscular, um médico deverá ser consultado.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *