Como ter uma dieta equilibrada e saudável?

Ter uma dieta equilibrada parece ser algo difícil nessa nossa vida corrida, mas ter uma dieta equilibrada é fundamental para termos uma boa saúde, e uma boa forma física.

Lembre-se nem toda dieta da moda é uma dieta equilibrada, a grande maioria de dietas da moda podem colocar em risco a sua saúde, pois são muito restritivas e outras exageram na proporção de algum macronutriente (carboidrato, proteínas e gorduras).

dieta equilibrada

É importante certificar-se de que você tenha uma dieta bem equilibrada, a fim de obter uma boa saúde e evitar doenças e enfermidades de longo prazo.

Neste post vou tentar ajudá-lo a compreender os componentes de uma dieta equilibrada, por que certos alimentos são importantes, e como aplicar esta informação à sua vida cotidiana. Este artigo discute os cinco principais grupos de alimentos. Comece com o Passo 1 abaixo para entrar no seu caminho para manter uma dieta saudável e equilibrada.

Como ter uma dieta equilibrada?

dieta equilibrada 2

Uma dieta equilibrada consiste no fato de você consumir todos os produtos que a natureza lhe oferece. Portanto nada de excluir alimentos, claro alimentos calóricos como os industrializados e embutidos devem ser evitados ao máximo. Mas também isso não quer dizer que nunca mais você vai comer estes alimentos, pois tudo é uma questão de proporções.

Passo 1: Como frutas e vegetais

Apesar de este ser um dos grupos de alimentos mais importantes, e que tem muitos benefícios de saúde, estudos têm mostrado que a maioria da população não está comendo o suficiente deles. Isso é surpreendente, considerando os benefícios que proporciona, e enorme variedade disponível.

A orientação geral é para comer pelo menos cinco porções por dia. Estas partes devem ser de cinco frutas e vegetais diferentes para se certificar de que você obtenha uma variedade de vitaminas e minerais. Para obter a melhor variedade, escolher aqueles que são de diferentes cores.

Assim você pode consumi-los da seguinte forma: sopas de legumes, frutas em conserva, smoothies, suco de frutas, salada, frutas secas, e, obviamente, alimentos frescos. A fim de obter o máximo deles, eles devem ser consumidos crus e os legumes devem ser cozidos em água.

Passo 2: Coma proteína

Coma alimentos ricos em proteínas, que inclui principalmente produtos de origem animal. Por esta razão, os vegetarianos e vegans, muitas vezes não consumem bastante proteína, embora isso possa ser evitado uma vez que existem alimentos vegetarianos que contêm muita proteína.

No entanto, a maioria das pessoas não se esforça para consumir o suficiente deste grupo. A comida é uma parte importante da sua dieta, pois é vital para muitas funções dentro do corpo.

A proteína é importante para o crescimento e reparação das células do nosso corpo e para o crescimento muscular. A quantidade diária recomendada para um mulheres é 45g, e a quantidade diária recomendada para um homem é de cerca de 55,5 g por dia. Os principais alimentos que contêm proteínas são; carnes, aves, ovos, frutos do mar, nozes, sementes, legumes e produtos de soja.

Passo 3: Coma carboidratos

Esse grupo de alimentos é a sua principal fonte de energia, em vez de açúcares e gorduras. Eles geralmente devem fazer parte de cada refeição, e a maioria das pessoas não têm nenhum problema em incluir isso no seu dia a dia. Certos tipos de carboidratos são especialmente bons para você e pode prevenir doenças, por isso é melhor escolher os carboidratos com sabedoria para tirar o máximo proveito deles.

Recomenda-se cerca de um terço dele em cada refeição. Lembre-se: se comer demais pode levar ao ganho de peso.

O carboidratos complexos (os bons) são encontrados em alimentos como; aveia, batatas, vegetais de raiz, pão integral, cereais integrais, massas integrais, nozes, arroz integral, feijão e lentilhas.

Passo 4: Coma gorduras boas

A gordura é boa para você em pequenas quantidades, uma vez que transporta vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) em todo o corpo, e também fornece ácidos graxos essenciais. Você precisa estar ciente, porém, que o excesso de gordura vai causar doenças relacionadas à obesidade, portanto, basta consumi-lo com moderação.

As diretrizes do governo sugerem que as gorduras devem compor, no máximo, 35% da energia em sua dieta, e que as gorduras saturadas deve cobrir menos de 11% de seu consumo total de energia.

Se você gostou das dicas e informações compartilhadas neste post, considere compartilhá-lo com seus amigos. Não se esqueça de deixar seu comentário, pois ele é muito importante para nós!

Advertência: antes de começar qualquer dieta ou rotina de exercícios físicos a fim de emagrecer, perder peso ou ganhar massa muscular, um médico deverá ser consultado.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *