Radiofrequência: como funciona?

Atualmente não basta controlar a alimentação e malhar muito para se sentir bonita, especialmente se você está chegando na faixa dos 40 anos ou já passou dela. A partir da terceira a quarta década de vida é normal o corpo mostrar os sinais do tempo que viveu, como rugas, linhas de expressão, flacidez, questões que incomodam profundamente muitas mulheres em todo o mundo.

As gordurinhas localizadas, celulites e estrias também costumam perturbar as mais vaidosas e ligadas na aparência, ainda mais porque nem toda dieta do mundo ou suor derramado da malhação na academia são capazes de exterminar em definitivo esses males. Nesses casos, como proceder? Como lidar com as marcas deixadas pela vida, que não vão embora tão facilmente assim?

Com a evolução da tecnologia e da ciência médica podemos contar atualmente com uma gama enorme de tratamentos eficazes para os problemas mais distintos. Um que resolve todas as chateações apontadas anteriormente de uma só vez é a radiofrequência!

radiofrequencia

O que é?

A radiofrequência é um tratamento estético, que se faz através do uso de um aparelho bem específico, capaz de elevar a temperatura da pele e dos nossos músculos a 41ºC. O calor excessivo acaba acelerando e aumentando a produção de colágeno pelo organismo, o que traz a região tratada mais firmeza e sustentação, consequentemente. Normalmente os resultados são notados logo na primeira sessão.

A técnica é indicada para uma série de necessidades, mas as mais procuradas são…

  • A diminuição das rugas;
  • A melhora da aparência da pele;
  • A superioridade da elastina e do colágeno e sua reorganização;
  • A melhora da microcirculação;
  • A melhora da hidratação da pele;
  • O aumento da oxigenação;
  • A eliminação mais rápida das toxinas presentes no organismo;
  • A redução das celulites, assim como o combate de estrias e de fibrose;
  • A melhora da aparência das cicatrizes;
  • O combate a gordura localizada em áreas como barriga, culote, braços e até papada;
  • O combate a flacidez, independente da região do corpo escolhida;
  • A melhora da firmeza da pele.

O preço de uma sessão de radiofrequência varia de acordo com a área a ser tratada, mas a média nacional é de R$ 200 a R$ 350. Quando a técnica é aplicada no rosto em geral 5 sessões bastam para que haja um resultado satisfatório, mas em outras regiões de corpo é preciso fazer de 7 a 10 aplicações, no mínimo.

O procedimento funciona da seguinte maneira: O paciente deita em uma maca e nele é aplicado um gel específico, no local em que o tratamento ocorrerá. A seguir o terapeuta desliza o equipamento de radiofrequência pela região, fazendo com eles movimentos circulares e verificando sempre a temperatura do aparelho com o auxílio de um termômetro próprio. Por fim a área é limpa.

radiofrequencia

Contraindicações e riscos

Todo tratamento médico tem contraindicações e a radiofrequência não é diferente. Não devem fazer a técnica aqueles que…

  • Estiverem com febre;
  • Estiverem em uma gestação;
  • Apresentarem feridas no local que se quer tratar;
  • Estiverem fazendo um tratamento de quimioterapia;
  • Possuírem próteses metálicas na área que se pretende tratar;
  • Tiverem hipertensão arterial;
  • Tiverem diabetes.

Para as pessoas que não tem os problemas pontuados anteriormente a radiofrequência não costuma representar riscos, mas isso pode acontecer, já que estamos falando de um aparelho que emite ondas de calor muito fortes, que podem ser abrasivas e até mesmo queimar de verdade a pele.

Esses casos não são comuns, mas quando acontecem estão relacionados ao mal uso do equipamento, normalmente operado de maneira equivocada e despreparada pelo profissional escolhido. É importante então estar atento na hora de selecionar o local e o especialista que cuidará de você, pois mais do que tratar de beleza e estética aqui estamos falando da sua saúde!

Confira abaixo mais informações sobre a radiofrequência:

Continue nos acompanhando no facebook! Conhece um bom profissional? Divulgue em Encontre um Profissional. Abraço e até a próxima!

Advertência: antes de começar qualquer dieta ou rotina de exercícios físicos a fim de emagrecer, perder peso ou ganhar massa muscular, um médico deverá ser consultado.

1 Comentário

  1. Grendene

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *